UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 11h01

Chinês fica 6 anos em hospício por fazer pedido à justiça

Pequim, 27 abr (EFE).- Um cidadão chinês permaneceu seis anos e meio fechado em um centro psiquiátrico por pedir justiça por um morador paraplégico que estava sendo maltratado, um castigo comum na China conhecido como "peticionários".

O peticionário - figura legal de denúncia que remonta à China imperial -, chamado Xu Lindong, foi submetido durante sua clausura a choques, medicações que o mantinham adormecido e foi amarrado à cama do hospital em inúmeras ocasiões, informou hoje o jornal "South China Morning Post".

"Fizeram-me muito mal, chegaram a queimar minha testa porque os choques duravam mais de uma hora", contou Xu.

Sua família deve processar aos funcionários do Governo local de Daliu e aos dois hospitais no qual Xu foi mantido internado para exigir compensação, segundo informou seu advogado, Chang Boyang.

Segundo as fontes, Xu foi fechado para evitar que persistisse em seu pedido, e desfrutou de seu primeiro dia em liberdade no domingo passado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host