UOL Notícias Notícias
 

28/04/2010 - 12h30

Europol diz que Farc consideram UE área estratégica

Bruxelas, 28 abr (EFE).- O Serviço Europeu de Polícia (Europol), com sede em Haia, revelou hoje que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) consideram a Europa uma "área de interesse estratégico em suas ambições de expandir suas atividades" de tráfico de droga e de armas.

Em seu relatório publicado hoje sobre as atividades terroristas na União Europeia (UE), a Europol afirma que as Farc utilizam seus "contatos" na Europa para enviar representantes aos 27 países-membros do bloco.

Os membros da guerrilha expatriados se encarregariam da informação, da formação e de criar células clandestinas para facilitar o tráfico de drogas e o fornecimento de armas.

A Europol aponta que as Farc "poderiam estar planejando abrir uma delegação em Bruxelas, Amsterdã ou Paris".

Em 2009 não houve detenções de membros das Farc por atos terroristas em nenhum dos países da UE, mas um cidadão sueco foi sequestrado e mais tarde liberado na Colômbia.

Além disso, a Europol denunciou que o bloco continua sendo "um importante ponto de apoio logístico e econômico" não só para as Farc, mas também para outros grupos terroristas não europeus, como o curdo PKK e os Tigres de Liberação do Tâmil Eelam.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host