UOL Notícias Notícias
 

28/04/2010 - 06h18

Justiça do Egito condena 26 membros do Hezbollah à prisão

Cairo, 28 abr (EFE).- Um tribunal da segurança do Estado egípcio condenou 26 membros de vários países de uma célula terrorista liderada por um ativista do grupo libanês Hezbollah a penas que vão dos seis meses de prisão à cadeia perpétua.

Quatro acusados, entre os que há um libanês, um palestino e dois egípcios, foram condenados à prisão perpétua, que representa uma condenação efetiva de 25 anos no Egito.

O juiz do tribunal, Adel Abdel Salam Goma, disse que os réus "planejavam causar danos à economia do Egito e desestabilizar a segurança do país, objetivos que não alcançaram".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h29

    0,48
    3,282
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h40

    1,33
    63.492,96
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host