UOL Notícias Notícias
 

28/04/2010 - 07h58

Tribunal admite pedido de dissolução do principal partido do Governo

Bangcoc, 28 abr (EFE).- O Tribunal Constitucional da Tailândia admitiu hoje a tramitação do pedido da Comissão Eleitoral para a dissolução do Partido Democrata, a principal formação da coalizão do Governo, pelo suposto uso fraudulento de um empréstimo concedido para as eleições de 2005.

O partido liderado pelo primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva, é acusado de usar indevidamente um crédito de 29 milhões de bats (US$ 987 mil) concedido pela Comissão Eleitoral à campanha de 2005.

A decisão judicial chega quando a Tailândia está imersa em uma profunda crise política reaberta pelos protestos dos manifestantes contra o Governo, que ocupam há semanas o coração comercial de Bangcoc.

Em maio, o órgão eleitoral deve apresentar uma segunda solicitação de dissolução do Partido Democrata.

A legislação tailandesa proíbe aos partidos políticos financiar suas atividades mediante doações do setor privado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host