UOL Notícias Notícias
 

03/05/2010 - 14h10

Michael Douglas considera sentença de prisão contra seu filho "adequada"

Nova York, 3 mai (EFE).- O ator Michael Douglas afirmou hoje no programa "The Today Show" da rede "NBC" que a sentença de cinco anos de prisão imposta a seu filho Cameron por narcotráfico é "adequada" e lhe permitirá começar a vida do zero.

"Meu filho era um traficante de drogas e tratou de se matar durante um tempo, por isso não posso desculpar seu comportamento", explicou o ator. No programa ele falou pela primeira vez da condenação que um juiz nova-iorquino impôs a seu filho de 31 anos no dia 20 de abril por um delito de tráfico de drogas.

Douglas acredita que o tribunal reconheceu a "dependência das drogas" de seu filho "assim como o delito que cometeu", por isso que a condenação a cinco anos de prisão e a mais cinco de liberdade vigiada supõem "uma quantidade de tempo adequada". "O melhor é que ele vai poder começar sua vida do zero", acrescentou.

Cameron Douglas foi detido em julho do ano passado em um conhecido hotel de Nova York com uma quantidade igual ou superior a 500 gramas de "cristal", a forma mais pura de metanfetamina, que tinha planejado distribuir e da qual, antes de ser detido, já tinha aceitado vender uma parte por US$ 15 mil.

Na entrevista de hoje, Michael Douglas reconheceu suas carências como pai "ao tentar construir uma carreira ao mesmo tempo em que criava um filho" e falou também que era muito "jovem" quando ele e a ex-mulher Diandra Morrell tiveram a Cameron, por isso "suas habilidades (como pais) eram limitadas".

"Quando Cameron nasceu, me encontrava no início da minha carreira. Participei de muitos filmes, algo que toma muito tempo e faz você viajar muito, por isso estive ausente muito tempo", explicou o ator, que assegurou que agora mudou suas "prioridades" como pai com seus filhos mais novos.

Explicou que, após o nascimento de Dylan e Carys, de nove e sete anos respectivamente - filhos da atriz Catherine Zeta-Jones -, decidiu que seu casamento e sua família estão "acima" de sua carreira profissional.

O ator também explicou que considera que boa parte do problema de seu filho com as drogas reside "nos genes".

"Eu perdi um irmão por uma overdose há quatro anos e tenho outro irmão que esteve durante anos em um programa (de desintoxicação)", disse Douglas, que reconheceu que ele mesmo esteve em um centro de desintoxicação há 20 anos.

O ator também disse que "o alcoolismo" está presente na família de sua ex-mulher e que, a todos esses antecedentes, é preciso somar o tipo de gente com o que seu filho decidiu se juntar.

Antes que Cameron Douglas fosse condenado a cinco anos de prisão seu pai, seu avô Kirk, sua mãe Diandra e sua madrasta, Catherine Zeta-Jones, pediram clemência ao juiz através de uma série de cartas nas quais destacavam as virtudes do jovem.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h30

    -1,27
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h31

    0,74
    70.528,97
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host