UOL Notícias Notícias
 

03/05/2010 - 12h58

Senador paraguaio pede a Lula e Lugo maior investimento contra narcotráfico

Pedro Juan Caballero (Paraguai), 3 mai (EFE).- O senador paraguaio Robert Acevedo, que se recupera de um atentado no qual morreram duas pessoas, pediu hoje aos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Lugo (do Paraguai) um maior investimento em segurança para combater o narcotráfico que opera na fronteira.

"Queremos mão dura dos Governos do Paraguai e do Brasil. Neste momento estamos perdendo a batalha", disse Acevedo em entrevista à Agência Efe em sua casa nesta cidade, 540 quilômetros ao nordeste de Assunção.

Acevedo, do governista Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), foi ferido no braço em um ataque cometido no último dia 26 de abril contra o veículo no qual se deslocava em uma rua desta cidade, capital do departamento de Amambay.

O ataque, no qual morreram seu motorista e seu guarda-costas, foi atribuído a grupos de narcotraficantes que operam em Pedro Juan Caballero, vizinha à cidade brasileira de Ponta Porá (Mato Grosso do Sul), onde os presidentes Lula e Fernando Lugo se reúnem hoje.

"Existe muito perigo de que (Pedro Juan Caballero) se transforme em uma Ciudad Juárez ou uma Tijuana", disse Acevedo, referindo-se às cidades mexicanas marcadas pela violência relacionada ao narcotráfico. Segundo ele, o comércio de drogas na região "está crescendo", bem como a compra de fazendas de criação de gado no interior paraguaio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host