UOL Notícias Notícias
 

05/05/2010 - 09h37

Candidatos pedem suspensão de votação eletrônica nas Filipinas

Manila, 5 mai (EFE).- Os candidatos à Presidência das Filipinas nas eleições da próxima segunda-feira Benigno Aquino e Joseph Estrada pediram hoje a substituição de urnas eletrônicas por cédulas de papel após a detecção de falhas nas máquinas.

O senador Benigno Aquino, mais conhecido como "Ninoy", favorito ao cargo presidencial de acordo com as pesquisas, pediu à Comissão Eleitoral que se prepare para uma apuração manual diante do risco de que os problemas técnicos continuem.

"Exigimos à Comissão Eleitoral que apresente seu plano de contingência porque cada adiamento aumenta o risco de produzir uma crise desastrosa por um vazio de poder", advertiu Aquino, segundo a emissora "GMA".

O candidato do Partido Liberal minimizou a importância da demora em se divulgar o resultado caso se use a apuração manual porque "o importante é a integridade do processo e do resultado final".

Por sua vez, o ex-presidente Estrada, que está em terceiro lugar em quase todas as pesquisas, defendeu a apuração manual "antes de confiar em máquinas que leem os votos de forma inexata",
Estrada, deposto em 2001, não se mostrou contrário a um adiamento de dez ou 15 dias do pleito caso fosse necessário para garantir a segurança do sistema.

Outros candidatos também se opuseram à apuração eletrônica depois de um porta-voz do Governo advertir ontem sobre a possibilidade de se adiar as eleições caso seja necessário retirar e configurar novamente as memórias de mais de 82,2 mil urnas eletrônicas.

Apesar dos pedidos dos candidatos, a Comissão Eleitoral anunciou hoje que continuará com o plano de realizar as eleições com urnas eletrônicas, as primeiras da história das Filipinas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,28
    3,182
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,29
    64.676,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host