UOL Notícias Notícias
 

06/05/2010 - 19h12

Boca de urna aponta vitória conservadora no R.Unido, mas sem maioria

Londres, 6 mai (EFE).- O Partido Conservador, liderado por David Cameron, venceu hoje as eleições gerais no Reino Unido, mas ficou a 19 deputados de conseguir a maioria absoluta no Parlamento, como aponta a primeira pesquisa de boca de urna divulgada.

De acordo com os resultados da sondagem, elaborada pelas empresas NOP e Mori para os canais "BBC", "SKY" e "ITV", os tories obteriam 307 cadeiras, os trabalhistas 255 e os liberal-democratas 59.

Segundo a pesquisa, o partido de Cameron ganharia 97 cadeiras a mais que no pleito de 2005, os trabalhistas perderiam 94 e os liberal-democratas piorariam em quatro seu resultado.

Legendas nacionalistas e demais partidos teriam 29 cadeiras, de acordo com a primeira projeção.

O resultado da pesquisa mostra que uma eventual aliança entre o Partido Trabalhista, do primeiro-ministro Gordon Brown, e os liberal-democratas, não obteria a maioria absoluta no Parlamento, para o que são necessários 326 deputados.

Os responsáveis pela pesquisa lembram que existe uma margem de erro, o que, em eleições acirradas como a de hoje, é de relevância significativa para elaborar projeções.

Em resposta à pesquisa, a número dois do Partido Trabalhista, Harriet Harman, afirmou que está "claro" que o país precisará de um Governo "sólido e estável" para sair da recessão.

Já o segundo na hierarquia dos liberal-democratas, Vince Cable, disse que os resultados são "muito estranhos" e lembrou que, no passado, as pesquisas de boca de urna erraram "de forma espantosa".

Se as pesquisas acertarem, nenhum partido terá na Câmara dos Comuns uma maioria absoluta, algo que não acontece desde 1974.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host