UOL Notícias Notícias
 

08/05/2010 - 09h29

Obama diz que americanos já recebem benefícios da reforma de saúde

Washington, 8 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou hoje que os cidadãos de seu país já começaram a receber os benefícios da reforma de saúde, que, segundo disse, está colocando um fim aos abusos das empresas seguradoras.

A reforma do sistema foi um dos principais alvos de política interna de Obama, que sancionou a lei no mês passado após um difícil e prolongado debate no Congresso.

Em seu habitual discurso radiofônico dos sábados, o presidente disse que a nova lei "já está proporcionando benefícios reais a milhões de americanos".

A reforma também começou a colocar um fim às piores práticas das companhias de seguros de saúde, acrescentou.

"Durante muito tempo estivemos nas mãos de uma indústria de seguros que aumenta o valor das apólices e retira a cobertura conforme lhe convém. Finalmente, esses dias estão chegando ao fim", afirmou Obama.

Entre os benefícios iniciados pela reforma, o presidente mencionou isenções tributárias, cobertura para aposentados que ainda não estão em idade de aderir ao sistema Medicare para pessoas de idade avançada e ajuda para os que não podem comprar remédios.

Acrescentou que a secretária de Saúde, Kathleen Sebelius, pediu a todos os estados que apurem reajustes no valor das apólices e impeçam que as seguradoras se aproveitem do sistema.

Obama anunciou que na segunda-feira seu Governo divulgará uma nova norma que vai permitir que algumas pessoas continuem nos planos de saúde de seus pais até os 26 anos se estiverem estudando.

Conforme o presidente, as empresas de seguro tinham até setembro para acatar essa norma, mas foi pedida a antecipação e "estamos confiantes que quase todas atenderão".

O presidente advertiu que a aplicação integral das medidas vai demorar mais algum tempo, mas que haverá mudanças no processo.

"Em última instância, teremos um sistema que dará maior controle aos consumidores, responsabilizará mais às empresas de seguros e vai proporcionar opções mais acessíveis aos americanos que sem seguro", prometeu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h50

    0,35
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h55

    0,43
    74.760,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host