UOL Notícias Notícias
 

12/05/2010 - 14h16

Centenas de pessoas vão às rua em Atenas contra política de ajustes

Atenas, 12 mai (EFE).- Centenas de pessoas se manifestaram hoje no centro de Atenas convocados pelos sindicatos para protestar contra as medidas de austeridade do Governo socialista, em especial contra a reforma na previdência.

Um grande cartaz em que se lia "Tirem as mãos de nossos direitos de previdência", da União de Empregados Civis Adedy se encontrava aberto em meio ao povo que foi manifestar sua oposição à nova lei de seguridade social, que cortará aposentadorias e aumentará a idade média para conseguir o benefício de 61 para 63 anos.

Em troca das duras medidas de economia, a Grécia recebeu hoje 5,5 bilhões de euros do Fundo Monetário Internacional (FMI) como primeira parte do da ajuda na forma de um empréstimo de 110 bilhões de euros que o país deve receber ao longo dos próximos três anos para evitar a falência.

O lugar do encontro na praça Kalfmónos está a cerdade de 100 metros da filial do banco Marfin Egnatía, onde três funcionários morreram devido a um incêndio causado por um coquetel molotov lançado por manifestantes radicais durante uma manifestação durante a greve geral.

Os sindicatos convocaram a uma nova greve geral de 24 horas para o dia 20 de maio. Será o quinto protesto desse tipo neste ano, desta vez contra a reforma governamental do sistema de previdência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host