UOL Notícias Notícias
 
15/05/2010 - 04h54 / Atualizada 15/05/2010 - 04h55

Homem que agrediu crianças em escola na China é condenado à morte

Pequim, 15 mai (EFE).- A Justiça chinesa condenou à morte Xu Yuyuan, quem no último dia 29 de maio feriu 29 crianças e três adultos em uma creche, informou a agência oficial "Xinhua".

Trata-se da segunda pena capital imposta aos responsáveis pela onda de ataques a escolas do país.

Xu foi declarado culpado de homicídio proposital pelo Tribunal Popular de Taixing (província oriental de Jiangsu, onde aconteceu o ataque), em julgamento que durou um dia e que foi visto por 300 pessoas.

O agressor, de 47 anos, feriu com uma faca as crianças, dois professores e um guarda de segurança do centro educativo.

O ataque aconteceu um dia depois que Zheng Minsheng, um homem de 42 anos, foi executado por causar a morte de oito crianças na província sudeste de Fujian.

Após a execução de Zheng, aconteceram pelo menos quatro agressões em escolas e creches chinesas, a última delas na quarta-feira passada, dia 12 de maio, quando morreram 10 pessoas (entre elas o agressor, que se matou, e sete crianças).

A série de ataques a crianças em centros educativos chineses, pela qual morreram 20 pessoas - a maioria crianças - e 70 ficaram feridas, causou grande alarme na sociedade chinesa, e levou o primeiro-ministro, Wen Jiabao, a pedir soluções "profundas" para o problema, em vez de optar unicamente pelo aumento da segurança nas escolas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host