UOL Notícias Notícias
 
15/05/2010 - 14h27 / Atualizada 15/05/2010 - 14h39

Por violência, EUA liberam diplomatas a deixar Tailândia

Washington, 15 mai (EFE).- O Departamento de Estado americano autorizou hoje os diplomatas que não desempenhem funções essenciais em Bangcoc a deixar, junto a suas família, a Tailândia, que enfrenta uma série de distúrbios.

"Foi autorizada a saída voluntária dos empregados não essenciais", disse à Agência Efe Darby Holladay, porta-voz do Departamento de Estado.

Os funcionários que decidirem deixa a Tailândia terão que tomar voos civis. Segundo Holladay, os EUA contam com cerca de 700 empregados em Bangcoc, que vive protestos cada vez mais intensos e só hoje teve oito mortos.

Os EUA manterão sua embaixada fechada na segunda-feira, mas deixarão funcionando os serviços de emergência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,13
    3,164
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h54

    2,10
    70.079,17
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host