UOL Notícias Notícias
 
16/05/2010 - 00h38 / Atualizada 16/05/2010 - 00h40

Exército sul-coreano acredita que navio sofreu ataque norte-coreano

Seul, 16 mai (EFE).- Autoridades militares da Coreia do Sul acreditam que o afundamento do navio sul-coreano "Cheonan" foi causado por um ataque de um torpedo norte-coreano, segundo informaram hoje fontes ligadas à investigação à agência sul-coreana "Yonhap".

Segundo a agência, após o anúncio formal das conclusões da investigação, que se espera para o dia 20 de maio, as autoridades militares devem transmitir um comunicado de alerta à Coreia do Norte.

O comunicado poderia ser lido pelo ministro da Defesa, Kim Tae-young, e nele Seul denunciará o ataque do "Cheonan" como uma provocação militar do regime norte-coreano e alertará a Pyongyang que deverá responder por este fato, segundo a "Yonhap".

Além disso, espera-se que o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, se dirija à nação no final deste mês para detalhar a postura de seu Governo.

O "Cheonan", navio de guerra sul-coreano de 1.200 toneladas, afundou no dia 26 de março, após uma explosão, nas águas do Mar Amarelo (Mar Ocidental) próximas à Coreia do Norte, o que causou a morte de 46 tripulantes.

A Coreia do Norte negou seu envolvimento no afundamento do "Cheonan". Meios de imprensa sul-coreanos e japoneses dizem que assim o transmitiu o líder norte-coreano, Kim Jong-il, na sua visita à China no começo do mês, na qual se reuniu com o presidente Hu Jintao.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h19

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h21

    -0,29
    75.387,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host