UOL Notícias Notícias
 
24/05/2010 - 09h10 / Atualizada 24/05/2010 - 09h12

Grã-duquesa da Casa Imperial russa será enterrada em São Petersburgo

Moscou, 24 mai (EFE).- A grã-duquesa Leonida Georgievna, mãe da chefe da Casa Imperial russa, que morreu ontem à noite em Madri aos 95 anos, será enterrada junto de seu marido em São Petersburgo, informou hoje a representação na Rússia da dinastia Romanov.

"No domingo, Leonida Georgievna recebeu a visita de um sacerdote. No fim da tarde, no entanto, seu estado piorou e foi internada em um hospital, onde faleceu", declarou à agência "Interfax" o diretor do escritório da Casa Imperial russa, Aleksandr Zakatov.

Acrescentou que "todo o tempo esteve acompanhada de sua filha, Maria Vladimirovna", a grã-duquesa Maria Romanova.

"Pela tradição e a lei, a grã-duquesa Leonida Georgievna será sepultada na sua terra natal junto do marido na fortaleza de Pedro e Paulo de São Petersburgo", acrescentou.

O Patriarcado de Moscou expressou suas condolências pela morte da grande duquesa em um hospital de Madri.

Leonida Georgievna, princesa georgiana da antiga dinastia dos Bagration e os Mujrani, nasceu em 1914 em Tbilisi e casou-se em 1948 com o grão-duque da Rússia Vladimir Kirilovich Romanov, bisneto do czar Alexandre II.

Foi o último membro da Casa Imperial que nasceu antes da Revolução de 1917 e deu à luz a sua filha Maria Romanova em Madri em 1953.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host