UOL Notícias Notícias
 
24/05/2010 - 19h14 / Atualizada 24/05/2010 - 19h33

Situação de Beresford-Redman se complica se saída do México for confirmada

México, 24 mai (EFE).- O procurador do estado mexicano de Quintana Roo, Francisco Alor, afirmou hoje que a situação legal de Bruce Beresford-Redman "se complica" se for confirmado que o produtor americano, suspeito de ter matado sua esposa, a brasileira Mônica Beresford-Redman, saiu do México, afirmam seus advogados.

O americano, envolvido na investigação sobre a morte de Mônica em Cancún, teria violado a Lei Geral de População, que proíbe que pessoas com uma ordem de apresentação deixem o México, disse Alor à emissora "Radio Fórmula".

"Se desejava sair do país deveria ter se apresentado à Procuradoria para solicitar seu passaporte (...), coisa que não fez", disse Alor.

Ontem, o advogado de Beresford-Redman, Richard Hirsch, disse à rede "CNN" que seu cliente "voltou a Los Angeles para estar com seus filhos e para atender assuntos familiares".

Se sua saída do México for confirmada oficialmente, seria criada "uma situação diferente" para Beresford-Redman, que continua sendo o principal suspeito do caso, e as autoridades pedirão "explicações a seus advogados, sobre como o tiraram do país", disse o procurador.

O produtor americano do popular reality show "Survivor" foi detido brevemente depois que o corpo de sua esposa foi encontrado no dia 8 de abril na fossa de um hotel de luxo em Cancun, a cerca de 80 metros do quarto ocupado pelo casal.

Beresford-Redman foi posto em liberado um dia depois, mas a Polícia ordenou que permanecesse no México, enquanto reunia provas sobre o ocorrido.

O corpo de Mônica apresentava marcas no pescoço e de um forte golpe na cabeça, que provocou um traumatismo cranioencefálico.

Beresford-Redman denunciou à Procuradoria local o suposto desaparecimento de sua esposa, mas a investigação mudou de rumo quando funcionários do hotel declararam ter visto o casal discutindo, versão que foi confirmaram por outros hóspedes.

Fontes da embaixada americana no México consultadas pela Agência Efe disseram que não fariam comentários sobre o caso.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host