UOL Notícias Notícias
 
25/05/2010 - 20h07 / Atualizada 25/05/2010 - 20h09

Canadá destina quase US$ 1 bi para segurança de cúpulas do G8 e do G20

Toronto (Canadá), 25 mai (EFE).- O custo das medidas de segurança para as cúpulas do G8 e do G20 que serão realizadas no final de junho no Canadá será próximo de US$ 1 bilhão, segundo documentos apresentados hoje pelas autoridades do país.

O G8 é formado pelos sete países mais industrializados do mundo e a Rússia, e o G20, pelos mais ricos e os principais emergentes.

Os documentos do Ministério da Segurança Pública detalham que o Governo canadense destinou US$ 930 milhões para as medidas de segurança das duas cúpulas, sobre a base de uma avaliação de ameaça de "risco médio".

A cúpula do G8, que será realizada entre 25 e 26 de junho na cidade de Huntsville, a cerca de 200 quilômetros de Toronto, contará com a presença de chefes do Governo de Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Japão e Rússia.

Já nos dias 26 e 27 de junho, Toronto sediará a cúpula do G20, que terá a presença de líderes de Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, África do Sul, Coreia do Sul, Turquia, Reino Unido, Etiópia, Malawi, Holanda, Vietnã e Espanha e da União Europeia (UE).

As autoridades canadenses prepararam um amplo perímetro de segurança tanto ao redor de Huntsville quanto no centro de Toronto.

A Torre CN, um dos edifícios mais altos do mundo com mais de 550 metros de altura, será fechado aos turistas de 25 a 27 de junho, como medida de segurança.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host