UOL Notícias Notícias
 
26/05/2010 - 03h31 / Atualizada 26/05/2010 - 03h47

Homem pega 7 anos de prisão e 10 chicotadas por porte de maconha na Malásia

Kuala Lumpur, 26 mai (EFE).- Um indonésio foi condenado na Malásia a sete anos de prisão e dez chicotadas pela posse de 218 gramas de maconha, crime poderia ter sido punido com pena de morte, indicou hoje a imprensa local.

Muhamad Yousef, de 32 anos, realizou várias reverências de agradecimento ao juiz Mohd Sofian Abd Razak, que decidiu revogar as acusações por tráfico de drogas, que é castigado com a forca no país.

O cidadão indonésio, que viveu 27 anos na Malásia, foi detido em 22 de junho do ano passado quando a Polícia descobriu haxixe escondido na lanchonete que ele gerenciava nos arredores da capital.

O magistrado ordenou que a apuração da pena de prisão começará a partir da data de detenção.

A legislação da Malásia estabelece a pena capital para toda pessoa que esteja em posse de mais de 15 gramas de heroína ou cocaína, de um quilo gramas de ópio ou 200 gramas de maconha.

Brunei, Malásia e Cingapura ainda aplicam o castigo corporal com um chicote que deixa uma cicatriz duradoura, uma herança de quando os três territórios foram partes do Império Britânico. A pena mínima é de duas chicotadas e a máxima de 24.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host