UOL Notícias Notícias
 
26/05/2010 - 21h00 / Atualizada 26/05/2010 - 21h19

Polícia desmonta quadrilha que enviava cocaína para a África do Sul

Rio de Janeiro, 26 mai (EFE).- A Polícia Federal anunciou hoje a desmantelação de uma quadrilha de narcotraficantes, em sua maioria integrada por nigerianos, que enviava drogas à África do Sul por causa da Copa do Mundo.

A polícia prendeu hoje três membros do grupo: um brasileiro, um moçambicano e um nigeriano, e procura outros três fugitivos, explicou o delegado Bruno Zampier em entrevista coletiva.

A quadrilha utilizava uma empresa de exportação com sede em Belo Horizonte (MG) como fachada e enviava para o exterior produtos como tesouras de jardinagem e instrumentos musicais com cocaína escondida.

Para a África do Sul foram enviados, principalmente, cartazes publicitários de jogadores de futebol recheados com a droga, aproveitando a realização da Copa, que começa mês que vem.

A Polícia suspeita que os traficantes estavam armazenando a cocaína na África do Sul para vendê-la durante o evento.

Além disso, acredita-se que utilizavam o país africano como base de operações para enviar os narcóticos mais tarde à Europa e ao leste asiático.

A droga era enviada por diversos meios como navio, avião, correios, empresas privadas e com o uso de pessoas que a ocultavam em suas bagagens ou a transportavam em seu próprio corpo.

Desde que começou a investigação, em outubro de 2009, foram detidas 15 pessoas que transportavam drogas e interceptados cerca de 100 quilos de cocaína.

Entre os presos estão brasileiros, moçambicanos, sul-africanos, filipinos, romenos, entre outros. Alguns deles inclusive já tinham cumprido penas por narcotráfico.

A Polícia alemã desmontou em abril o braço europeu da quadrilha, que distribuía a droga enviada do Brasil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h59

    -0,23
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h05

    -0,15
    75.859,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host