UOL Notícias Notícias
 
26/05/2010 - 13h00 / Atualizada 26/05/2010 - 13h14

Zapatero vem amanhã ao RJ para participar de Aliança de Civilizações

(corrige data da viagem de Zapatero no título e no lead) Madri, 26 mai (EFE).- O chefe do Executivo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero viaja nesta quinta-feira ao Brasil para participar do 3º Fórum da Aliança de Civilizações, que reunirá nesta semana no Rio de Janeiro diversos líderes de países "amigos".

Zapatero pretende também apoiar os investidores espanhóis no Brasil, disseram fontes diplomáticas espanholas.

Convidado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o chefe do Executivo espanhol participará da reinauguração do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, que passou por reformas de restauração.

Junto a ele, também participarão do evento o comissário de Competência europeu, Joaquín Almunia, e de vários ministros brasileiros e empresários nacionais e estrangeiros.

Junto a ele estará também nesta sexta-feira no Fórum UE-Brasil, onde se espera a participação do comissário europeu de Competência, Joaquín Almunia, e a de um nutrido grupo de ministros brasileiros e empresários de ambos os lados do Atlântico.

Lula, Zapatero, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon abrirão o Fórum.

O presidente do Governo espanhol lançou esta iniciativa em 2004 na Assembleia Geral das Nações Unidas, que a assumiu como própria. Um dos principais marcos da iniciativa foi a recente adesão dos Estados Unidos ao chamado Grupo de Amigos, bloco que agrega 120 países e organismos internacionais.

Zapatero fará um discurso na sessão intitulada "Diversidade cultural como caminho para a paz", acompanhado do ministro de Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, do secretário de Estado de Cooperação Territorial da Espanha, Gaspar Zarrías, e do prefeito da cidade de Sevilha, Alfredo Sánchez Monteseirín.

Após participar do Fórum, Zapatero se reunirá com Lula e, depois, com o primeiro-ministro português, José Sócrates, para analisar a evolução da crise econômica.

Lula antecipou seu desejo de impulsionar os negócios brasileiros na Espanha, que já é o principal investidor europeu na América Latina.

Na agenda, também está prevista a questão do programa nuclear iraniano e o recente acordo feito entre Brasil, Irã e Turquia para que Teerã envie 1,2 tonelada de urânio ao exterior e receba de volta 120 quilos do combustível enriquecido um ano depois.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host