UOL Notícias Notícias
 
27/05/2010 - 19h13 / Atualizada 27/05/2010 - 19h57

Assessor financeiro de estrelas como Scorsese, Leibovitz e Stallone é preso

Nova York, 27 mai (EFE).- Um assessor financeiro que tem entre seus clientes estrelas como o diretor de cinema Martin Scorsese, o ator Sylvester Stallone e a fotógrafa Annie Leibovitz foi preso em Nova York por uma fraude de US$ 30 milhões, informou hoje a Promotoria federal de Manhattan.

Kenneth Starr, de 65 anos, foi acusado por fraude econômico e lavagem de dinheiro, o que pode resultar em uma pena máxima de 20 anos de prisão.

Segundo a acusação, Starr, que também oferecia seus serviços aos atores Wesley Snipes e Uma Thurman, entre outros, havia organizado a fraude milionária através da empresa Starr & Co.

Ele convencia seus clientes a investir grandes quantias de dinheiro em "negócios seguros" que depois desviava para suas contas ou aplicava em investimentos mais arriscados nos em que tinha algum interesse.

Além disso, nos casos em que Starr controlava as contas bancárias de seus clientes, realizava "transferências não autorizadas" para suas próprias contas e a de seus associados mais próximos.

Quando os clientes reivindicavam os lucros, Starr utilizava, segundo a Promotoria, um esquema em que utilizava o dinheiro das contas de outros investidores para satisfazer os primeiros, sem que na realidade existisse um negócio sólido que respaldasse suas atividades.

A acusação, que também implica o ex-presidente do conselho municipal de Nova York Andrew Stein como um dos colaboradores de Starr, assegura que com suas atuações eles conseguiram arrecadar "pelo menos" US$ 30 milhões.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host