UOL Notícias Notícias
 
27/05/2010 - 20h33 / Atualizada 27/05/2010 - 20h36

Chefes navais de Brasil e Equador debatem relação bilateral

Quito, 24 mai (EFE).- Chefes militares navais do Equador e do Brasil estão reunidos na cidade equatoriana de Guaiaquil (oeste) para falar sobre a relação bilateral entre as instituições, informou hoje o Ministério da Defesa em Quito.

O evento, que termina nesta sexta-feira, corresponde à 4ª Reunião dos Chefes de Estado-Maior das Forças Armadas do Brasil e do Equador, um mecanismo idealizado pelas duas partes em 2004 para "coordenar e assumir compromissos que satisfaçam o interesse mútuo das instituições".

O encontro, que começou na terça-feira passada, ocorre na Sala de Guerra do Comando de Operações Navais, em Guaiaquil, e é liderado pelo contra-almirante brasileiro Wagner Lopes de Moraes Zamith e pelo equatoriano Milton Lalama.

Este tipo de reunião tem permitido às duas instituições reforçar os convênios e tratados internacionais que beneficiam os dois países, bem como fortalecer a relação bilateral, segundo comunicado do Ministério da Defesa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host