UOL Notícias Notícias
 
27/05/2010 - 09h16 / Atualizada 27/05/2010 - 09h17

Zapatero suspende viagem ao Brasil por causa de crise na Espanha

Madri, 27 mai (EFE).- Madri, 27 mai (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, decidiu suspender sua viagem ao Brasil, onde iria participar do 3º Fórum da Aliança de Civilizações, no Rio de Janeiro, segundo comentou aos jornalistas nos corredores do Parlamento.

Zapatero iria viajar hoje ao Rio de Janeiro para participar da reunião da Aliança, para qual devem comparecer cerca de cem países que apóiam a iniciativa. No encontro, devem ser apresentados novos projetos de tolerância diante da diversidade cultural e religiosa.

O chefe do Executivo espanhol tinha previsto viajar ao Brasil quando concluísse no Congresso o debate e votação do decreto do corte de gastos para acelerar a redução do déficit, que foi aprovado por um só voto de diferença.

Embora Zapatero não tenha especificado os motivos do cancelamento de sua viagem, fontes do Executivo espanhol explicaram que, diante da atual situação econômica, o presidente deseja ficar na Espanha para acompanhar as negociações com os agentes sociais para chegar a um acordo sobre a reforma.

O chefe do Governo espanhol deseja presidir amanhã o Conselho de Ministros que, entre as medidas previstas, pode incluir a aprovação do teto do gasto público.

Zapatero, segundo as mesmas fontes, falou na última hora da noite de ontem por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para explicar porque preferia permanecer na Espanha e adiar a reunião que manteriam no Rio de Janeiro.

Como os dois devem se encontrar em Toronto, na reunião do Estado de Governo do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países ricos e emergentes), acordaram adiar a reunião até o Canadá.

No lugar de Zapatero está previsto que vá ao Brasil um vice-presidente do Governo espanhol acompanhado pelo ministro de Assuntos Exteriores, Miguel Ángel Moratinos, quem já iria viajar junto de Zapatero.

No Rio de Janeiro já estão os colaboradores do presidente espanhol, assim como a maioria dos jornalistas que foram ao país a partir da Espanha para cobrir a visita presidencial.

Além de assistir ao Fórum da Aliança de Civilizações, Zapatero tinha incluído em sua agenda um ato de apoio aos empresários espanhóis no Brasil e comparecimento à inauguração do teatro municipal do Rio de Janeiro e de uma reunião UE-Brasil.

O Fórum da Aliança de Civilizações que ocorre entre amanhã e sábado com a participação de representantes de uma centena de países para promover novos projetos de tolerância diante da diversidade cultural e religiosa.

Zapatero lançou essa iniciativa em 2004 durante uma Assembleia Geral da ONU.

O "Grupo de amigos" reúne 120 países e organismos internacionais. A mais recente adesão foi a dos Estados Unidos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host