UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 15h07 / Atualizada 31/05/2010 - 15h15

Argentina condena ataque israelense e pede investigação dos fatos

Buenos Aires, 31 mai (EFE).- O Governo argentino condenou hoje o ataque de forças israelenses a uma frota de navios que levaria ajuda humanitária à Faixa de Gaza, informaram fontes oficiais.

A Argentina "lamenta profundamente a perda de vidas ocorrida neste episódio e pede que seja feita uma exaustiva investigação dos fatos ocorridos", indicou um comunicado do Ministério das Relações Exteriores argentino.

O Governo de Cristina Fernández de Kirchner fez também "um forte apelo contra atos de violência que agravam a situação no Oriente Médio" e reivindicou "a suspensão do bloqueio à população de Gaza, permitindo a livre circulação das pessoas e a entrada de ajuda humanitária à região".

"A Argentina pede a estrita observância do direito internacional humanitário e das resoluções das Nações Unidas para que seja alcançada uma paz justa e duradoura na região", acrescentou a nota oficial.

Pelo menos 14 ativistas de direitos humanos morreram hoje em consequência do ataque, causando comoção e indignação na comunidade internacional.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host