UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 06h12 / Atualizada 31/05/2010 - 06h32

Comissária da ONU mostra "comoção" por causa de ataque israelense

Genebra, 31 mai (EFE).- A Alta comissária para os Direitos Humanos das Nações Unidas, Navi Pillay, se mostrou hoje "comovida" por causa do ataque do Exército israelense à "Frota da Liberdade", que se dirigia para a Faixa de Gaza com ajuda humanitária e que causou pelo menos 14 mortos.

Em seu discurso na abertura da 14ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, Pillay disse estar "comovida" com as informações do ataque, que provocou "mortos e feridos".

Pillay, além disso, destacou seu "profunda preocupação" com as ordens militares recentemente impostas em Israel em relação a Gaza.

"Na Faixa de Gaza, o bloqueio continua menosprezando diariamente os direitos humanos de seus cidadãos. Houve muitos poucos avanços na quantidade de produtos que se permite entrar na região. A situação atual está longe de permitir que os cidadãos de Gaza levem uma vida normal e digna", acrescentou a Alta comissária.

Além disso, Pillay reiterou sua condenação ao lançamento de mísseis de Gaza a Israel.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host