UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 16h28 / Atualizada 31/05/2010 - 16h34

Manifestação opositora em Moscou termina com 100 detidos

Moscou, 31 mai (EFE).- Mais de 100 ativistas foram detidos hoje no centro de Moscou durante uma manifestação não autorizada organizada por grupos opositores ao Kremlin, em defesa do artigo da Constituição que defende a liberdade de reunião.

"Os infratores tentaram interromper o tráfego para realizar a chamada marcha dos dissidentes", assegurou uma porta-voz do Ministério do Interior da capital às agências russas.

Quando os soldados fecharam a passagem para a praça Triunfalnaya, onde aconteceria a concentração opositora, cerca de 500 ativistas decidiram marchar pelas ruas adjacentes, interrompendo o trânsito.

Foi então que os policiais detiveram os opositores, que em muitos casos ofereceram resistência, e os colocaram em furgões e ônibus estacionados nas imediações da praça.

A porta-voz acrescentou que as autoridades darão início a processos administrativos contra os manifestantes por alterarem a ordem pública, enquanto serão tomadas medidas "adicionais" contra os ativistas que enfrentaram a Polícia violentamente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host