UOL Notícias Notícias
 
01/06/2010 - 00h22 / Atualizada 01/06/2010 - 00h29

Polícia diminui para 5 o número de mortes em ataque a hospital no Paquistão

Islamabad, 1 jun (EFE).- Cinco pessoas morreram, entre elas três policiais, em ataque realizado na noite desta segunda-feira por um grupo de pistoleiros não identificados contra o hospital Jinnah, na cidade paquistanesa de Lahore, segundo uma fonte policial.

Diferentes canais de televisão tinham informado em um primeiro momento que pelo menos 12 pessoas tinham morrido em decorrência do ataque, e que o grupo de agressores tinha conseguido tomar a sala de urgências, inclusive fazendo reféns.

O inspetor geral da província de Punjab, Tarik Saleem Dogar, disse mais tarde ao canal "Geo TV" que os agressores - quatro no total, usando uniformes de Polícia -, foram atacados pelas forças de segurança, mas conseguiram escapar.

Segundo Dogar, entre os mortos há três policiais, enquanto três outras pessoas ficaram feridas.

O ataque, segundo analistas citados pelo canal de televisão "Dawn", pode ter tido como objetivo resgatar o único insurgente capturado vivo durante o ataque terrorista contra duas mesquitas de Lahore, na última sexta-feira, e que se encontra na UTI do hospital.

Dogar, que garantiu que a situação já está sob controle, informou que o grupo de pistoleiros não conseguiu levar seu suposto colega.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host