UOL Notícias Notícias
 
02/06/2010 - 11h13 / Atualizada 02/06/2010 - 11h35

Fidel Castro diz que EUA não tem resposta possível para o conflito com o Irã


Em Havana

O ex-presidente de Cuba Fidel Castro considera que os Estados Unidos "não tem uma resposta possível" para o conflito criado em torno do Irã, em um novo artigo divulgado hoje.

No texto, batizado de "O império e a guerra", Fidel Castro ressalta as "contradições insolúveis que envolvem a política dos Estados Unidos "entre as quais o caso do Irã e, mais brevemente, o conflito palestino-israelense".

Para ilustrar essas "contradições", reproduz várias afirmações do presidente americano, Barack Obama, sobre a relação dos Estados Unidos e do mundo muçulmano contidas no discurso que pronunciou há um ano na Universidade islâmica de Al-Azhar do Cairo.

"Obama poderá desfrutar das emoções de uma segunda reeleição presidencial sem que o Pentágono ou o Estado de Israel, que em seu comportamento não acata em nada as decisões dos EUA, utilizem suas armas nucleares no Irã? Como será a vida em nosso planeta após isso?", questiona Fidel.

O líder cubano opina que Obama pode pronunciar centenas de discursos tentando conciliar e "sonhar com a magia de suas frases bem articuladas" enquanto "faz concessões a pessoas e grupos totalmente carentes de ética".

Fidel Castro, de 83 anos, se mantém afastado da vida pública há quatro anos devido a uma doença que lhe levou a ceder o poder a seu irmão Raúl, embora ainda seja o secretário do governante Partido Comunista, o único legal em Cuba.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    -0,05
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h25

    0,11
    74.527,88
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host