UOL Notícias Notícias
 
03/06/2010 - 04h12 / Atualizada 03/06/2010 - 04h18

Briga familiar pode ter motivado tiroteio no R.Unido

Londres, 3 jun (EFE).- Uma disputa familiar pode ter sido o motivo do tiroteio protagonizado por um taxista, que nesta quarta-feira matou 12 pessoas e feriu a outras 11, três delas gravemente, antes de se suicidar em uma floresta do condado de Cúmbria, no noroeste da Inglaterra.

Segundo comentários da "BBC", o taxista, Derrick Bird, de 52 anos, estaria envolvido em uma disputa com a família por conta de um testamento.

Outras versões, no entanto, garantem que Bird tinha brigado com outros taxistas, acusando-os de terem lhe tirado trabalho. Um amigo disse que Bird afirmou, na noite anterior, que não voltaria a vê-lo.

No dia seguinte, o taxista saiu de sua casa na localidade de Rowrahy e começou sua série de assassinatos matando seu irmão gêmeo, David, e o advogado da família.

A seguir, se dirigiu em seu veículo à localidade próxima de Whitehaven, onde matou outro taxista antes de percorrer vários quilômetros disparando contra todos por quem passava.

Entre suas vítimas há um segundo taxista, um fazendeiro, um ciclista, um casal e uma mulher que andavam pelas ruas. Bird se matou em uma floresta após bater com seu carro.

Segundo o chefe adjunto da Polícia de Cúmbria, Stuart Hyde, mais de 100 agentes investigam o caso e, ao mesmo tempo, oferecem ajuda às famílias afetadas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host