UOL Notícias Notícias
 
04/06/2010 - 20h05 / Atualizada 04/06/2010 - 20h14

Oposição fracassa em tentativa de coalizão na Colômbia

Bogotá, 4 jun (EFE).- O Partido Verde e o Polo Democrático Alternativo (PDA) fracassaram na busca por um "acordo programático" para o segundo turno das eleições presidenciais colombianas, anunciou hoje o senador Gustavo Petro, ex-candidato a presidente pelo PDA.

"O Partido Verde decidiu ter sua própria derrota e cabe a nós organizar a oposição", escreveu Petro na rede social Twitter.

O ex-candidato atribuiu o fracasso dos esforços a Enrique Peñalosa, ex-prefeito de Bogotá como Antanas Mockus, candidato à presidência pelo Partido Verde, que disputará com o ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos a sucessão de Álvaro Uribe.

O PDA propôs há dois dias aos verdes um "acordo programático" em cinco partes.

Petro e a presidente do PDA, a ex-candidata a vice-presidente Clara López, propuseram ao Partido Verde o "início de um diálogo público e transparente".

O ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos, do governista Partido Social da Unidade Nacional, concorre como favorito no segundo turno após obter 46,56% dos votos no primeiro turno, contra 21,49% alcançados por Mockus.

Na mesma nota, o PDA advertiu que o diálogo proposto partia "da premissa de que não será possível fazer coincidir os dois projetos políticos, que são naturalmente diferentes".

O Partido Verde não emitiu nenhuma declaração sobre o fracasso da busca por um acordo, objetivo que o grupo tinha assumido dentro de sua estratégia de "aliança cidadã" para encarar o segundo turno.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host