UOL Notícias Notícias
 
05/06/2010 - 05h27 / Atualizada 05/06/2010 - 05h38

Assassino de juíza belga já tinha a ameaçado em 2007

Bruxelas, 5 jun (EFE).- O assassino confesso de uma juíza e um funcionário de um tribunal em uma sala de audiências de Bruxelas já tinha ameaçado a magistrada em 2007, quando ela ditou uma ordem de despejo contra ele.

O assassino assumiu em interrogatório na sexta-feira que atuou por vingança por estar insatisfeito com a decisão da juíza sobre um caso relativo a seu aluguel, que fez com que ele fosse expulso do apartamento onde vivia, informou o rotativo jornal "Gazet van Antwerpen".

O homem, de 47 anos, nacionalidade belga e origem iraniana, tem antecedentes por vários fatos violentos, e nenhuma ocupação declarada.

O assassino entrou na quinta-feira em um tribunal no centro de Bruxelas e, após presenciar uma sessão, abriu fogo contra a juíza e um assistente, que morreram no local.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h19

    -0,77
    3,258
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h25

    0,99
    63.853,68
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host