UOL Notícias Notícias
 
06/06/2010 - 12h37 / Atualizada 06/06/2010 - 12h49

Netanyahu rejeita proposta da ONU para criar comissão internacional

Jerusalém, 6 jun (EFE).- O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, rejeitou hoje a proposta do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, de criar uma comissão internacional para investigar o ataque da segunda-feira ao comboio humanitário.

"Disse ao secretário-geral da ONU que a investigação dos fatos deve ser conduzida de forma responsável e objetiva, e que estamos buscando outras alternativas", declarou Netanyahu em um encontro com os ministros de seu partido no Governo.

O primeiro-ministro respondeu assim as informações divulgadas hoje na imprensa sobre que ele teria dado consentimento a ONU para apurar os fatos por meio de uma comissão presidida pelo ex-primeiro-ministro da Nova Zelândia, Geoffrey Palmer, especialista em Direito Marítimo.

A comissão iria incluir especialistas americanos, um representante turco e outro israelense, em um afã de manter a maior objetividade e transparência possível.

"Não é verdade que tenha aceitado sua oferta de verificar o que ocorreu.... Temos de tratar este tema com cuidado, protegemos os interesses nacionais de Israel e do Exército", insistiu Netanyahu sobre uma conversa que teve com Ban no sábado à noite, informam meios locais.

Nove ativistas turcos morreram na segunda-feira na interceptação de um barco de um comboio humanitário pelo comando de elite israelense quando seguia para Gaza com ajuda humanitária e a intenção declarada de romper o bloqueio israelense à faixa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host