UOL Notícias Notícias
 
10/06/2010 - 11h13 / Atualizada 10/06/2010 - 11h30

Sindicatos noruegueses devem bloquear navios israelenses durante 2 semanas

Copenhague, 10 jun (EFE).- O Sindicato de Transportadoras e o Sindicato de Trabalhadores Portuários da Noruega anunciaram hoje um bloqueio conjunto de duas semanas a barcos israelenses em protesto pelo ataque à frota de navios com ajuda humanitária que se dirigia a Gaza.

Os estivadores noruegueses não descarregarão navios procedentes de Israel, nem carregarão mercadorias com destino a este país, além de não permitir que nenhum navio registrado em Israel seja carregado ou descarregado nos portos noruegueses a partir do dia 15 de junho.

O Sindicato de Trabalhadores Portuários Suecos já tinha anunciado uma medida similar dias antes, que também entrará em vigor no dia 15 e durará duas semanas.

"Devemos protestar quando forças militares israelenses atacam um comboio pacífico com destino a Gaza, isso exige ações contundentes. Nunca aceitaremos ataques em águas internacionais que custem vidas humanas e grandes danos e que estejam em conflito com a Convenção de Genebra", afirmou Terje Samuelsen, dirigente do sindicato de trabalhadores portuários norueguês.

A central de transportadoras convidou, além disso, a um boicote geral a produtos e mercadorias israelenses e pediu a todos os sindicatos que pressionem o Governo norueguês para que o fundo estatal que investe os lucros do petróleo se desfaça de suas participações em companhias que estão ou têm interesses em Israel.

No dia 31 de maio, as tropas israelenses mataram nove ativistas que viajavam na frota humanitária com destino a Gaza.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host