UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 16h05 / Atualizada 11/06/2010 - 17h28

ONU aplaude condenação a coronel colombiano

Genebra, 11 jun (EFE).- A alta comissária das Nações Unidas para Direitos Humanos, Navi Pillay, aplaudiu a "histórica decisão" da condenação, a 30 anos de prisão, do coronel colombiano Alfonso Plazas, pelo desaparecimento em 1985 de dez civis durante invasão ao Palácio da Justiça de Bogotá.

"Elogio o judiciário colombiano pela decisão, que representa um passo importante na luta contra a impunidade, e merece apoio e respeito ao Governo do país", ressaltou Navi em comunicado divulgado hoje.

"Também pressiono o Governo a tomar as medidas necessárias para manter a segurança da juíza María Stella Jara, que recebe várias ameaças por ter condenado o réu", acrescentou Navi.

A sentença foi anunciada na ausência do coronel, que permanece sob detenção no hospital militar central. A defesa dos familiares dos desaparecidos afirma que os transtornos que o militar alega ter são uma justificativa dele para evitar a prisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host