UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 14h21 / Atualizada 11/06/2010 - 15h00

ONU pede que investigação de Israel siga parâmetros internacionais

Genebra, 11 jun (EFE).- O relator especial das Nações Unidas sobre execuções extrajudiciais, Philip Alston, pediu hoje que a investigação israelense sobre o ataque do Exército israelense a um comboio humanitário no litoral de Gaza seja baseado em parâmetros internacionais.

"Qualquer atitude de Israel para apurar o ataque à embarcação em Gaza deve permitir a capacidade de investigação. Sem isto, a investigação dos fatos não poderá ser considerada crível", sentenciou Alston.

Para cumprir com os requisitos de uma investigação internacional, o relator considera que a apuração deve ser independente do Governo, os investigadores devem ter completa autoridade legal para obter acesso direto a todas as provas relevantes e o resultado da mesma deve ser divulgado.

Se os requisitos forem cumpridos, a comissão interna de investigação "pode representar uma importante contribuição para resolver os assuntos de direitos humanos gerados pelo ataque ao comboio humanitário", asseverou o analista da ONU.

"É preciso dar a comissão capacidade de descobrir os fatos, ouvir as testemunhas, incluindo os militares atingidos e vários dos passageiros dos navios", acrescentou Alston.

A investigação também "deve ter acesso a todos os vídeos e gravações sobre o incidente, também aqueles confiscados por civis", concluiu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host