UOL Notícias Notícias
 
15/06/2010 - 06h45 / Atualizada 15/06/2010 - 06h55

Americano é detido tentando entrar no Afeganistão para matar Bin Laden

Islamabad, 15 jun (EFE).- As autoridades paquistanesas detiveram nesta terça-feira, no norte do país, um cidadão americano quando ele tentava atravessar a fronteira rumo ao Afeganistão com a suposta missão de assassinar o líder da rede terrorista Al Qaeda, Osama bin Laden.

O indivíduo, identificado como Gary Brooks Faulkner e detido no distrito setentrional de Chitral, estava armado com um punhal, uma pistola e uma espada, informou o jornal digital "Chitral news".

De acordo com esta versão, Faulkner, que tinha visitado o Paquistão anteriormente em sete ocasiões, se dispunha a atravessar a província fronteiriça afegã do Nuristão com a intenção de lutar contra a insurgência talibã e matar Bin Laden.

O porta-voz da Embaixada dos EUA em Islamabad, Rick Snelsire, confirmou à agência Efe a detenção de um cidadão americano, mas evitou dar detalhes.

"Nesta manhã, nosso consulado em Peshawar (a principal cidade do noroeste paquistanês) foi informado da detenção de um cidadão americano. Estamos tentando conseguir acesso consular a ele", disse a fonte.

A Polícia paquistanesa já deteve antes cidadãos americanos, embora normalmente sejam pessoas próximas a correntes islamitas que chegam ao país para se unirem aos talibãs ou a outros grupos jihadistas.

O paradeiro de Bin Laden é desconhecido há vários anos, embora fontes de inteligência ocidental e da própria CIA suspeitam que ele poderia estar em algum ponto próximo à fronteira entre Afeganistão e Paquistão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    -0,23
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h47

    -0,20
    75.839,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host