UOL Notícias Notícias
 
16/06/2010 - 21h54 / Atualizada 16/06/2010 - 22h27

BP promete todos os recursos possíveis para cessar vazamento

Washington, 16 jun (EFE).- O derramamento de petróleo no Golfo do México causado pelo afundamento de uma plataforma é "inaceitável" para a empresa responsável, a British Petroleum (BP), que disponibilizará todos os recursos possíveis para ajudar a resolver o problema.

A BP divulgou hoje o discurso que seu executivo-chefe, Tony Hayward, fará amanhã no Comitê de Energia e Comércio da Câmara de Representantes do Congresso dos Estados Unidos, no qual reconhecerá o enorme prejuízo sofrido pelas comunidades dos estados americanos de Louisiana, Alabama, Flórida e Mississipi como resultado do vazamento.

"Isto é inaceitável. Eu entendo e permitam-me ser muito claro. Entendo perfeitamente a realidade da situação", aponta o texto de seu discurso.

O derramamento começou em abril, depois do afundamento da plataforma Deepwater Horizon a cerca de 80 quilômetros do litoral da Louisiana, que provocou um vazamento de petróleo que a empresa ainda não sabe como deter.

"Ninguém de nós sabe ainda por que ocorreu. Mas qualquer que tenha sido a causa, nós da BP faremos o que pudermos para assegurar que um incidente como este não volte a acontecer", dirá Hayward amanhã.

"Vamos fazer tudo o que estiver a nosso alcance para resolver plenamente as consequências econômicas e ambientais do derramamento e assegurar que as lições deste incidente sirvam para fazer com que a exploração e a produção de petróleo sejam mais seguras e confiáveis para todos", afirma o texto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host