UOL Notícias Notícias
 
16/06/2010 - 15h56 / Atualizada 16/06/2010 - 16h18

Papa receberá o bispo de Augsburgo, mas não revogará sua cassação

Cidade do Vaticano, 16 jun (EFE).- Bento XVI receberá em breve o bispo de Augsburgo (Alemanha), Walter Mixa, que renunciou acusado de maus-tratos a menores quando era sacerdote, mas isso não significa que o papa planeje anular sua destituição, afirmou hoje o porta-voz vaticano, Federico Lombardi.

"Confirmo que o papa receberá em audiência o senhor Mixa nas próximas semanas, mas não está previsto que sua destituição como bispo de Augsburgo e como ordinário militar da Alemanha seja revogada", disse Lombardi à imprensa.

Mixa, de 69 anos, anunciou em entrevista ao jornal alemão "Die Welt" que recorrerá a um tribunal vaticano e que será recebido pelo Pontífice para tratar seu caso.

O prelado manifestou que está "refletindo" sobre a apresentação do recurso, que considera "uma boa ideia" que tem em mente.

Mixa assegurou ao jornal que quer "comentar" com o papa seu caso, já que deseja continuar exercendo o sacerdócio e "de alguma maneira seguir com o trabalho pastoral.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host