UOL Notícias Notícias
 
16/06/2010 - 16h58 / Atualizada 16/06/2010 - 17h09

UE poderia enviar missão naval a Gaza

Estrasburgo (França), 16 jun (EFE).- A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Catherine Ashton, anunciou hoje que o bloco europeu está disposto a colaborar para facilitar a entrada de produtos e pessoas em Gaza se Israel colocar um fim ao bloqueio e garantiu que poderia enviar uma missão naval com esse objetivo.

Catherine explicou que junto à possibilidade de "reativar" a missão europeia na passagem de Rafah entre Gaza e Egito, a UE está "preparada para apoiar a entrada de bens e pessoas".

A chefe da diplomacia se expressou assim durante um debate realizado no Parlamento Europeu sobre o ataque israelense a um comboio que levaria ajuda humanitária a Gaza e as consequências do bloqueio ao território palestino.

Catherine voltou hoje a pressionar Israel para que coloque um fim à política, que provoca "sofrimento" em Gaza e que "não dá mais segurança a Israel".

Para ela, o bloqueio "prejudica as pessoas normais, impede a reconstrução", "alimenta o radicalismo" e "reforça o Hamas".

Catherine reconheceu que pôr fim a essa situação não será fácil, já que é necessária a cooperação de israelenses e palestinos. Porém, se mostrou convencida de que há um movimento para abrir passagem a ajuda humanitária, a bens comerciais e a pessoas.

Neste sentido, anunciou que a UE enviará "em breve" uma missão exploratória para avaliar sua possível contribuição para uma solução "que funcione para o povo de Gaza e responda às preocupações de Israel".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h30

    -0,50
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h35

    -0,62
    75.137,89
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host