UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 05h00 / Atualizada 25/06/2010 - 05h15

Ataque de rebeldes curdos causa 3 mortes na Turquia

Ancara, 25 jun (EFE).- Dois militares e um civil morreram na noite desta quinta-feira à noite em um novo ataque de rebeldes curdos realizado no leste da Turquia, informaram as emissoras de notícias locais.

Um suposto grupo do ilegal Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) atacou uma unidade móvel policial que voltava de uma patrulha na região rural de Karakocan, na província de Elazig.

Dois membros da gendarmaria (uma unidade paramilitar) morreram na emboscada, enquanto uma mulher de 70 anos também morreu no fogo cruzado entre militares e guerrilheiros.

Outras duas pessoas, um gendarme e uma criança de cinco anos, ficaram feridos no confronto.

Em outro incidente, na província de Hakkari, extremo sudeste do país, dois soldados turcos foram feridos na quinta à noite pela explosão de uma mina terrestre.

Em uma semana, 20 soldados turcos morreram em numerosos ataques do PKK, que suspendeu em maio uma trégua que tinha cumprido de forma unilateral durante os dois anos anteriores.

O PKK, considerado terrorista pela Turquia e pela União Europeia, iniciou a luta armada contra o Estado turco em 1984, a favor de mais direitos para a minoria curda.

Nesta guerra não declarada morreram até agora cerca de 42 mil pessoas, entre elas, cerca de 29 mil guerrilheiros, 5.500 civis e o resto membros das diferentes forças de segurança turcas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h30

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host