UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 16h39 / Atualizada 25/06/2010 - 16h49

Justiça identifica 7 dos 13 mortos em acidente ferroviário na Espanha

Barcelona, 25 jun (EFE).- A Conselheira Regional de Justiça, Montserrat Tura, informou hoje que sete dos 13 mortos no acidente de trem em Castelldefels (nordeste da Espanha), todos da América Latina, já foram identificados e suas identidades confirmadas pelo juiz instrutor do caso.

No entanto, as autoridades só divulgaram a identidade de seis dos sete mortos identificados no acidente da quarta-feira, já que a família da sétima vítima, de nacionalidade colombiana, preferiu que seus dados não fossem revelados.

Os seis mortos têm idades compreendidas entre 17 e 39 anos, sendo que há cinco homens e uma mulher. Entre eles há três equatorianos, dois bolivianos e uma colombiana.

Tura ressaltou que a identificação dos outros mortos segue e que agora o trabalho está concentrado na análise do DNA dos restos mortais.

O responsável de Justiça do Governo regional catalão disse que os mortos não poderão ser enterrados até que todos os restos mortais encontrados no local do acidente, a estação ferroviária de Castelldefels-Platja, sejam identificados.

O acidente aconteceu quando cerca de 30 pessoas desceram de um trem nos arredores da estação em direção a praia para uma festa junina e, ao invés de usar a passagem por baixo da pista, preferiram atravessar por cima da via, momento em que foram atropelados por um comboio que vinha em alta velocidade.

O acidente ferroviário, o mais grave ocorrido na Espanha desde 2003, comoveu o país por acontecer perto da noite de São João com pessoas que dirigiam para uma festa do santo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host