UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 16h44 / Atualizada 25/06/2010 - 16h49

Moradores das regiões afetadas pelas chuvas se reúnem para ver a seleção

União dois Palmares (Brasil), 25 jun (EFE).- Os moradores das áreas devastadas pelas chuvas no nordeste deixaram hoje de lado os trabalhos de limpeza e remoção de escombros para acompanhar a seleção na Copa.

As chuvas deixaram pelo menos 51 mortes no fim de semana passado na região.

Segundo a Agência Efe constatou nos povoados de Alagoas, como União dois Palmares e Murici, onde no sábado o nível dos rios vizinhos as cidades chegou ao telhado das casas, era impressionante o número de camisetas amarelas que podiam ser vistas passeando pelas ruas pouco antes do começo do jogo Portugal-Brasil.

A maioria dos desabrigados, que em toda a região somam cerca de 200 mil pessoas, vestiram a camisa da seleção e se reuniram para ver a partida nos pavilhões e ginásios das cidades, transformados em abrigos públicos.

Ao contrário das grandes cidades do país, não havia telões, apenas pequenos televisores que alguns habitantes conseguiram salvar da enchente.

Só ficaram sem acompanhar a partida os moradores das localidades nas quais, cinco dias depois da tragédia, ainda não há provisão de eletricidade, caso do município de Branquinha.

Este povoado de 12 mil habitantes foi um dos mais prejudicados, a ponto da Prefeitura, que está secando, ter que mudar de lugar.

A situação de Alagoas e Pernambuco é tão preocupante que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu hoje cancelar sua viagem ao Canadá, onde participaria da Cúpula dos Vinte (G20, países mais ricos e emergentes).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host