UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 17h36 / Atualizada 25/06/2010 - 17h53

R.Unido quer retirar tropas do Afeganistão antes de 2015

Londres, 25 jun (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, afirmou hoje que quer retirar suas tropas que estão desdobradas no Afeganistão no prazo de cinco anos.

Em uma entrevista à emissora "SkyNews" no Canadá, onde participa das cúpulas Grupo dos Oito e Grupo dos Vinte (G8 e G20), que reúnem as principais economias do mundo, Cameron foi questionado sobre seu desejo de os 10 mil militares britânicos desdobrados no Afeganistão estarem de volta ao Reino Unido até 2015.

"Quero que isso ocorra e que não haja equívoco", contestou o líder britânico, que tratará deste assunto no sábado com o presidente americano, Barack Obama.

Apesar de se referir indiretamente a 2015, Cameron manifestou que preferia "não estipular prazos estritos", mas destacou que "os militares não podem continuar lá por mais cinco anos, se já estão há quase nove".

Fontes ligadas a Cameron manifestaram posteriormente à "BBC" que estes comentários do primeiro-ministro não significam estabelecer um novo ritmo ao recuo militar.

A retirada do Afeganistão foi uma questão da qual Cameron já falou, estabelecendo prazos concretos, durante a campanha eleitoral para o pleito do dia 6 de maio e há duas semanas perante o Parlamento voltou a deixar clara a sua posição.

O descontentamento e a rejeição da opinião pública do Reino Unido em relação à presença militar no Afeganistão aumentaram progressivamente, especialmente no último ano, quando se produziu quase a metade das 300 mortes sofridas pelo contingente britânico.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    0,40
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h21

    -0,70
    62.816,88
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host