UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 22h49 / Atualizada 25/06/2010 - 23h05

Traficante jamaicano Coke se declara inocente em N.York

Nova York, 25 jun (EFE).- O traficante jamaicano Christopher "Dudus" Coke, considerado pelos Estados Unidos um dos líderes mais perigosos do narcotráfico no mundo, se declarou hoje inocente em um juizado federal em Nova York pelos crimes de tráfico de armas e de drogas pelos quais foi extraditado para os Estados Unidos.

Coke, que chegou na noite de quinta-feira a Nova York para enfrentar acusações de conspirar para distribuir maconha e cocaína assim como de participar de atividades ligadas ao tráfico de armas, segundo a Promotoria federal de Manhattan, se declarou "inocente" em uma audiência na qual esteve acompanhado por um advogado.

O suposto narcotraficante, que foi detido no dia 22 de junho nas imediações da capital jamaicana depois de cinco semanas foragido, está detido sem a opção de fiança e deverá depor novamente na semana que vem, quando já disporá de um advogado próprio.

A decisão da Jamaica de autorizar a extradição de Coke para os EUA gerou uma onda de violência em maio entre seus partidários e as autoridades do país, que deixou ao menos 74 mortos, dezenas de feridos e 500 detidos.

As autoridades americanas consideram que Coke lidera uma organização criminosa conhecida como Shower Posse desde os anos 90, formada por jamaicanos, americanos e pessoas de outros países.

Se for culpado pelos crimes aos quais é acusado, pode chegar a ter que cumprir pena de prisão perpétua.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h30

    -0,06
    3,171
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h34

    0,51
    68.706,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host