UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 13h49 / Atualizada 25/06/2010 - 13h56

Vítimas de acidente de trem na Espanha podem ser todas latino-americanas

Barcelona, 25 jun (EFE).- As vítimas do atropelamento ferroviário de Castelldefels (perto de Barcelona, nordeste espanhol) tinham entre 17 e 40 anos e poderiam ser todas latino-americanas que se deslocavam para assistir a uma festa de São João, disse hoje a conselheira regional de Justiça, Montserrat Tura.

Até o momento, as equipes legistas já identificaram nove dos 13 mortos no acidente. Cinco são equatorianos, dois bolivianos e dois colombianos.

Em um primeiro momento, a informação era de 12 vítimas, mas os legistas apontaram ontem à noite que poderiam ser 13, número confirmado hoje.

A identificação da vítima número 13, precisou Montserrat, "vai demorar muito" e é provável que seja necessário extrair alguma amostra de DNA.

Montserrat disse que os dados das nove identificações realizadas foram encaminhados ao juiz de Gava (em Barcelona).

Uma vez que o juiz analise os dados de identificação e afirme que são corretos, os familiares serão notificados de forma oficial.

Fontes de uma entidade hispano-equatoriana informaram que uma das vítimas é Rosa María Vivar Arboleda, de 19 anos, de Balzar, na província equatoriana de Guaias.

Os dois colombianos mortos são John Mauricio Osorio, de 33 anos, e Jorge Eliécer Serrano, de 37, segundo o vice-cônsul da Colômbia em Barcelona, Ramón Jaller.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h08

    -0,01
    74.434,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host