UOL Notícias Notícias
 
26/06/2010 - 18h02 / Atualizada 26/06/2010 - 18h26

Harper fala de consenso sobre necessidade de reduzir déficit

Toronto (Canadá), 26 jun (EFE).- O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, disse hoje que acredita que existe um "forte" consenso sobre a necessidade de reduzir os déficits nos países ricos, um dos temas polêmicos da cúpula do Grupo dos Vinte (G20, principais países ricos e emergentes) que começa hoje em Toronto.

Harper assinalou que a cúpula do Grupo dos Oito (G8, países mais ricos e Rússia), encerrada hoje, tentou conseguir um acordo a respeito para não intervir na reunião de líderes do G20 que começa esta noite.

Após a conclusão do encontro do G8, o primeiro-ministro precisou que sua impressão é que "existe um forte consenso em torno da necessidade de planos de consolidação fiscal a médio prazo nos países desenvolvidos".

O anfitrião das cúpulas mencionou, no mais, que o atual processo de recuperação em andamento ainda é frágil e existem muitos riscos frente ao futuro.

Suas declarações chegam em meio a um acalorado debate entre os Estados Unidos e a Europa sobre o caminho a seguir agora que a economia global começou a se recuperar da pior crise em várias décadas.

Washington recomenda uma retirada lenta das medidas de estímulo, enquanto que a Alemanha, Grã-Bretanha e o país anfitrião, Canadá, entre outros, insistem na necessidade de iniciar um plano de austeridade fiscal.

O Canadá pediu aos membros do G20 que reduzam seus déficits à metade para o ano de 2013 e estabilizem sua dívida para 2015.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host