UOL Notícias Notícias
 
26/06/2010 - 02h07 / Atualizada 26/06/2010 - 02h20

Reunião em setembro pode tratar da sucessão de Kim Jong-il

Seul, 26 jun (EFE).- O Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte informou neste sábado que convocará em setembro uma reunião especial para escolher seus principais líderes, algo que é visto como indicação de que o regime de Kim Jong-il prepara a sucessão no poder.

Segundo informou a agência estatal norte-coreana "KCNA", o único partido que rege os destinos do país comunista reunirá o Comitê Político no início de setembro "para a eleição de seu mais alto órgão de Governo".

Desde a divulgação da informação de que o líder norte-coreano, Kim Jong-il, tinha sofrido em agosto de 2008 um derrame cerebral, aumentaram as especulações sobre o início do processo de sucessão à frente do poder na Coreia do Norte.

Fontes de Inteligência sul-coreanas indicam que o melhor posicionado para tomar as rédeas da Coreia do Norte é Kim Jong-un, filho mais novo do atual líder.

A reunião de setembro será a primeira deste tipo em 44 anos no partido, o que leva os especialistas consultados pela agência sul-coreana "Yonhap" a crer que será um passo prévio para consolidar Kim Jong-un como herdeiro do poder.

O atual líder norte-coreano, Kim Jong-il, no poder desde 1994, foi nomeado oficialmente sucessor de seu pai, Kim Il-sung, ao ser eleito para presidir um órgão do Partido dos Trabalhadores em 1980.

O anúncio da reunião do partido coincide, além disso, com o aumento da tensão entre as duas Coreias por conta do afundamento de uma embarcação sul-coreana em águas do Mar Amarelo (Mar Ocidental) em março, incidente que, de acordo com investigação internacional, foi causado por um torpedo lançado por Pyongyang.

A Coreia do Norte negou participação, e ameaçou tomar medidas caso o Conselho de Segurança das Nações Unidas, onde o caso está sendo analisado, adote postura de responsabilizar o país por este incidente.

Para alguns especialistas, as recentes ações de provocação de Pyongyang, que se agravaram com seu segundo teste nuclear em maio de 2009, poderiam estar ligadas ao caminho para a sucessão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h30

    -0,06
    3,171
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h34

    0,51
    68.706,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host