UOL Notícias Notícias
 
27/06/2010 - 16h51 / Atualizada 27/06/2010 - 17h05

Congresso dos EUA "em dívida moral" com a Colômbia por TLC, diz vice eleito

Bogotá, 27 jun (EFE)-. O vice-presidente eleito da Colômbia, o ex-sindicalista Angelino Garzón, disse hoje que o Congresso dos Estados Unidos, particularmente o Partido Democrata, "está em dívida moral" por não ter aprovado ainda o Tratado de Livre Comércio com o país andino.

"Não é certo que não tenham aprovado o TLC com um país que fez os maiores sacrifícios em vidas humanas e em recursos econômicos em sua luta contra o narcotráfico, o terrorismo e a atividade criminosa", disse Garzón em entrevista publicada neste domingo pelo jornal "El Tiempo".

Garzón, companheiro de chapa do presidente eleito Juan Manuel Santos, ressaltou que isso é "uma derrota para a democracia e um desconhecimento de nossos avanços em direitos humanos".

O TLC entre Washington e Bogotá foi assinado em novembro de 2006, mas não foi ratificado no Congresso dos EUA com o argumento de que falta muito para fazer na Colômbia em relação a proteção dos sindicalistas e o respeito aos direitos humanos.

"É um pretexto do Partido Democrata e dos sindicatos americanos para esconder o protecionismo", assinalou Garzón.

Acrescentou que os "'falsos positivos' (execuções extrajudiciais de militares contra civis apresentados como guerrilheiros abatidos) foram combatidos e este ano não houve uma só denúncia".

"O Partido Democrata e os sindicatos americanos não querem reconhecer os grandes esforços da Colômbia para impedir 'falsos positivos', massacres, assassinatos de dirigentes políticos, sindicais, de defensores de direitos humanos, de juízes, de magistrados", ressaltou o vice-presidente eleito.

O Congresso dos Estados Unidos, insistiu, "está em dívida com a Colômbia". "É como se eu afirmasse que os Estados Unidos violam os direitos humanos por massacres como a da Virgínia Tech ou da base militar do Texas", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h09

    0,13
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h16

    1,02
    63.904,42
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host