UOL Notícias Notícias
 
30/06/2010 - 21h09 / Atualizada 30/06/2010 - 21h25

"Alex" se transforma em furacão de categoria 2 perto do México

Miami, 30 jun (EFE).- O furacão "Alex" passou para a categoria dois próximo ao litoral nordeste do México e seus ventos máximos sustentados subiram para 155 km/h, segundo meteorologistas americanos.

"É possível um fortalecimento adicional antes que toque a terra", informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

O olho de "Alex" está a 90 quilômetros do nordeste de La Pesca, no México, e a 170 quilômetros ao sul de Brownsville, Texas (EUA), segundo um boletim especial das 20h (Brasília) de hoje.

Espera-se que toque a terra no nordeste do México nas próximas horas.

Os meteorologistas advertiram que "Alex" é um grande furacão. Por isso, seus ventos com força de ciclone se estendem a 110 quilômetros de seu centro.

Enquanto isso, os ventos com força de tempestade se estendem a 335 quilômetros, principalmente do nordeste do centro do furacão.

O Governo mexicano mantém um aviso de tempestade tropical para o sul de La Cruz até Cabo Vermelho.

São previstas fortes chuvas em áreas do nordeste do México e do sul do Texas nos próximos dias, assim como inundações e deslizamentos de terra.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA, na sigla em inglês) previu para a temporada de furacões no Atlântico, que começou no dia 1º de junho e termina em 30 de novembro, a formação de 14 a 23 tempestades e entre oito e 14 furacões.

Estes fenômenos descarregariam sua fúria nos EUA, Caribe, América Central e Golfo do México.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host