UOL Notícias Notícias
 
04/07/2010 - 16h09 / Atualizada 04/07/2010 - 16h28

Conservador reconhece derrota em eleições presidenciais na Polônia

Varsóvia, 4 jul (EFE).- O candidato conservador à Presidência da Polônia, Jaroslaw Kaczynski, reconheceu sua derrota no segundo turno das eleições, realizado hoje, e parabenizou seu adversário, o liberal Bronislaw Komorowski.

"Quero parabenizar Komorowski", declarou Kaczynski, que agradeceu o apoio de seus eleitores em sua luta pela "volta dos valores e do patriotismo" pouco após o anúncio de pesquisas de boca-de-urna que deram a vitória ao candidato liberal.

Kaczynski apareceu ao lado de partidários, alguns vestidos com trajes folclóricos poloneses, e de sua sobrinha Marta, filha de seu irmão gêmeo e anterior presidente, Lech Kaczynski, morto em abril em um acidente de avião na Rússia junto com outras 95 pessoas.

"Agora é preciso se mobilizar e se preparar para as eleições parlamentares", disse Jaroslaw Kaczynski, que se emocionou quando lembrou a tragédia que vitimou seu irmão.

O liberal Komorowski venceu o segundo turno das eleições presidenciais segundo pesquisas de boca-de-urna divulgadas pelas redes de televisão "TVP" e "TVN24".

A rede pública "TVP" dá a Komorowski 53,1% dos votos, enquanto seu adversário, o conservador Jaroslaw Kaczynski, teria recebido 47%.

Já a "TVN24", privada, diz que o liberal teria obtido 51% dos votos, enquanto Kaczynski estaria perto de 49%.

No primeiro turno, em 20 de junho, Komorowski foi o mais votado com 41% dos votos, contra 36% para Kaczynski.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    0,31
    3,232
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -0,44
    74.157,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host