UOL Notícias Notícias
 
04/07/2010 - 22h02 / Atualizada 04/07/2010 - 22h02

Fidel Castro diz que uma "catastrófica guerra nuclear" explodirá em breve

Havana, 4 jul (EFE).- O ex-presidente de Cuba Fidel Castro assegurou hoje que em "brevíssimo tempo" explodirá uma "catastrófica guerra nuclear" pelo conflito entre Estados Unidos e Israel com o Irã.

Em uma de suas "Reflexões", divulgada este domingo no site oficial "Cubadebate" e intitulada "A felicidade impossível", Fidel Castro insiste de novo em advertir de um ataque de EUA e Israel contra o Irã, um tema recorrente em seus últimos artigos.

"O império está a ponto de cometer um impagável erro sem que nada o possa impedir. Avança inexorável rumo a um sinistro destino", escreve o líder cubano.

Segundo sua opinião, no conflito entre EUA e Irã "nenhuma das duas partes cederá: uma pelo orgulho dos poderosos, e outra, pela resistência ao jugo e a capacidade para combater, como ocorreu tantas vezes na história do homem".

"Aos povos pobres do mundo, que não temos a menor culpa do colossal enredo criado pelo imperialismo (...) não nos resta outra alternativa que enfrentar as consequências da catastrófica guerra nuclear que em brevíssimo tempo explodirá", diz Castro.

Da mesma forma que em seus últimos artigos, Fidel Castro também se ocupa do desenvolvimento da Copa do Mundo da África do Sul e opina que "uma final entre países europeus será o mais desbotado e anti-histórico desde que esse esporte nasceu no mundo".

Fidel Castro está desde 2006 afastado da vida pública por causa de uma doença que o levou a ceder o poder a seu irmão Raúl, embora ainda seja o primeiro-secretário do governante Partido Comunista de Cuba.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host